Autor: AzarodMedia

Ovo de páscoa sem lactose

Ovo de páscoa sem lactose

Com esse ovo de páscoa sem lactose você,quem tem intolerância à lactose, não vai mais precisar abdicar de comer um bom ovo de páscoa no feriado!

Ovo de páscoa sem lactose
Imagem e Reprodução: Ovo de páscoa | Freepik

O ovo de páscoa sem lactose é maravilhoso e pode ter o recheio que você preferir. Se você pretender vender esse ovo de chocolate, tenha certeza que seus clientes ficarão apaixonados.

Ingredientes

Os ingredientes do ovo de páscoa sem lactose são fáceis e você pode optar por utilizar as marcas de sua preferência, mas lembre-se o chocolate precisa ser de qualidade para tudo dar certo.

  • 350 gramas de chocolate sem lactose (para fazer 1 ovo de Páscoa)
  • 1 forma para ovo de Páscoa de 250 gramas
  • 1 caixa de creme de leite zero lactose (opcional)
  • 100 gramas do recheio de sua preferência (morango, nozes, castanhas, pasta de amendoim etc.)

Essa lista com 12 formas diferentes de fazer chocolate foi feita para apaixonados por chocolate que não perdem a oportunidade de tentar algo novo!

Modo de preparo

Fique sempre atento ao ponto do chocolate do seu ovo de páscoa sem lactose para que o mesmo não passe do ponto e acabe queimando. Opte por fazer aos poucos.

  1. Comece a receita derretendo 250 gramas de chocolate zero lactose em banho-maria: basta encher uma panela grande com água fervente, colocar todo o chocolate picado em pedaços pequenos sobre uma panela proporcionalmente menor que a anterior (encaixando uma sobre a outra) e misturar o ingrediente até que o vapor da água derreta-o por completo.
  2. Quando o chocolate estiver totalmente derretido, preencha a forma de ovo de Páscoa (já lavada e devidamente limpa) com de 3 a 4 colheres (de sopa) do ingrediente, espalhe o chocolate por todo o formato do ovo com a ajuda da colher e leve a forma para a geladeira por mais ou menos 15 minutos.
  3. Quando a primeira camada de chocolate endurecer, repita o procedimento outras duas vezes – coloque de 3 a 4 colheres do chocolate sobre o chocolate endurecido na forma de ovo, espalhe (principalmente nas bordas, para que não quebre) e leve à geladeira por mais 15 minutos.
  4. Recheie o ovo com pedaços de morango, nozes, castanhas, pasta de amendoim ou qualquer outro recheio sem lactose de sua preferência.
  5. Basta colocar mais ou menos 100 gramas de recheio sobre as camadas de chocolate já endurecido e derreter os outros 100 gramas da barra de chocolate no micro-ondas por 20 segundos em potência baixa.
  6. Para não correr o risco de queimar o chocolate, faça da seguinte forma: coloque a barra picada no micro-ondas por 10 segundos, misture, e coloque por mais 10 segundos até que todo o conteúdo esteja derretido.
  7. Por fim, finalize o ovo com mais uma camada de chocolate, preenchendo todas as partes do recheio e tampando muito bem o ovinho. Deixe na geladeira por mais 15 minutos, desenforme com a ajuda de uma luva – quando todas as partes do chocolate estiverem bem firmes.

Não deixe de conferir essas 8 melhores receitas de bolo vegano para você aproveitar!

Vídeo 

Agora você não precisa mais abrir mão das coisas que gosta de comer por ter uma restrição alimentar! Pode saborear seu ovo de páscoa sem lactose, você merece!

Esperamos que tenha gostado da receita, não esqueça de enviar esse ovo de páscoa sem lactose para aquele amigo que você sabe que irá amar! Continue acompanhando o VegOrgânico para outras receitas maravilhosas.

Ovo de páscoa caseiro

Ovo de páscoa caseiro

O que acha de fazer um ovo de páscoa caseiro cheio de sabor? Além de economizar um bom dinheiro, essa é uma boa atividade para fazer com a família ou as crianças.

Ovo de páscoa caseiro
Imagem e Reprodução: Ovo de páscoa | Freepik

Seu ovo de páscoa caseiro tem uma receita simples e pode ser a base perfeita para você adicionar o recheio que quiser. Vai perder a chance de fazer essa delícia?

Ingredientes

Não esqueça de que, apesar de serem apenas dois ingredientes, é de grande importância que o chocolate seja de qualidade para melhor aproveitamento do ovo de páscoa caseiro!

  • 500g de chocolate ao leite
  • 1 1/2 xícara (chá) de castanha de caju triturada

Se você é apaixonado por chocolate vai amar descobrir as 12 formas diferentes de fazer chocolate! Clique aqui e confira.

Modo de preparo

Ao preparar seu ovo de páscoa caseiro não esqueça de ficar muito atento ao ponto do seu chocolate, afinal, é um ingrediente que com o mínimo descuido ele acaba passando do ponto.

  1. Leve ao fogo uma panela com água até o meio, deixe levantar fervura e tire do fogo. Coloque uma tigela que caiba dentro da panela, de forma que não entre água.
  2. Na tigela, coloque o chocolate ao leite picado e com uma colher, vá mexendo até derreter.
  3. Retire da panela e seque a tigela por fora para que não fique água.
  4. Derrame o chocolate sobre a pia seca e com uma espátula, vá mexendo o chocolate até que esfrie, mas sem que endureça, ou que esteja em temperatura que não queime os lábios.
  5. Com a espátula, coloque novamente na tigela e misture à castanha.
  6. Pegue uma forma de ovo de páscoa de 500g, e faça uma camada de chocolate com o auxílio de uma colher. Leve à geladeira por 5 minutos, retire da geladeira e faça outra camada, leve à geladeira novamente por mais 5 minutos e repita a operação por mais uma vez.
  7. Com o chocolate que sobrar, faça bombons colocando em forminha própria, e leve à geladeira por 10 minutos.
  8. Retire da geladeira tanto o ovo quanto os bombons e vire em uma mesa forrada com papel-alumínio.
  9. Deixe suar por 2 horas ou até secar.
  10. Embrulhe em papel-chumbo as partes do ovo e os bombons. Coloque os bombons dentro de uma das partes do ovo e junte-as.

Não deixe de conferir esse brigadeirão vegano delicioso! Você não vai se arrepender.

Gostou da receita?

Torcemos para que você tenha gostado desse ovo de páscoa caseiro, deixe-nos saber sua opinião nos comentários.

Não esqueça de compartilhar essa receita para seus amigos e familiares. Continue conosco, acompanhando o VegOrgânico, para atualizações diárias deliciosas.

Ovo de páscoa vegano

Esse ovo de páscoa vegano é perfeito para as pessoas que seguem uma dieta vegana e procuram algo simples, mas saboroso para apreciar no feriado.

Segue uma dieta vegana e quer saborear um ovo de páscoa delicioso? Então você acabou de achar a receita perfeita de ovo de páscoa vegano!
Imagem e Reprodução: Ovo de páscoa | Freepik

Se você irá vender ovos de chocolate, esse ovo de páscoa vegano é uma ótima opção para incluir no seu cardápio de vendas. Com certeza sua clientela irá amar a variedade!

Ingredientes

Os ingredientes dessa receita não possuem nenhum mistério, são bem práticos e provavelmente fazem parte do seu cotidiano!

  • 3/4 xícara (de chá) de cacau em pó
  • 1 xícara (de chá) de manteiga de cacau
  • 1 colher (de chá) de essência de baunilha
  • 1/3 xícara (de chá) de xarope de bordo
  • 1 colher (de café) de açúcar baunilhado
  • 3 colheres (de sopa) de xarope de bordo
  • 1/2 xícara (de chá) de água
  • 1 e 1/2 xícaras (de chá) de castanha de caju
  • 1 pitada de sal fino

Não deixe de conferir 15 receitas de sobremesa simples que vão impressionar seu paladar!

Modo de preparo

Você irá perceber que o modo de preparo do seu ovo de páscoa vegano é muito simples e não tem motivos para preocupação, basta seguir o passo a passo fielmente e tudo dará certo!

  1. Primeiramente vamos derreter a manteiga de cacau em uma panela em banho-maria
  2. Depois de derretida, retire do fogo e misture o restante dos ingredientes
  3. Mexendo muito bem até ficar bem homogêneo
  4. Agora coloque um pouco do creme em uma forma e espalhe bem para ficar com o formato do ovo
  5. Lembre-se de estar sempre retirando o excesso e retirando as rebarbas
  6. Vire de a forma de cabeça para baixo em um papel toalha e leve a geladeira por 20 minutos
  7. Repita esse processo mais 2 vezes
  8. Depois de feito a última vez, deixe na geladeira e vá preparar o recheio
  9. Em um liquidificador adicione todos os ingredientes e bata até virar um creme
  10. Agora você já pode desenformar sua casca com cuidado
  11. Rechear com o creme e depois cobrir com o restando do creme de chocolate
  12. Agora leve a geladeira por 2 horas antes de servir

Não deixe de conferir as 8 melhores receitas de bolo vegano para você. Você não irá se arrpender!

Gostou dessa receita?

Esperamos que você tenha gostado da receita de ovo de páscoa vegano! Deixe seu comentário com sua opinião sobre a receita!

Não esqueça de compartilhar essa receita com aquele amigo que segue a dieta vegana e continue acompanhando o VegOrgâncio para outras delícias.

Ovo de páscoa zero açúcar

Ovo de páscoa zero açúcar

Esse ovo de páscoa zero açúcar é ideal para pessoas diabéticas ou que evitam ingerir grandes quantidades de açúcar! Não precisa mais se privar de comer coisas deliciosas na páscoa.

É diabético ou está em dieta restritiva de calórias?Então você vai amar essa receita de ovo de páscoa zero açúcar. Confira agora!
Imagem e Reprodução: Ovo páscoa | Freepik

O ovo de páscoa zero açúcar também é uma ótima opção para você que vai revender e precisa de variedades no cardápio. Tenha certeza que seus fregueses irão amar!

Ingredientes

Não esqueça de que para aproveitar todo o sabor do seu ovo de páscoa zero açúcar, é imprescindível que o chocolate comprado seja de qualidade.

  • 800g de chocolate preto dietético
  • 100g de creme de leite
  • 2 colheres (sopa) de cacau em pó
  • 1 colher (sobremesa) adoçante

O que você acha de descobrir as melhores e mais práticas receitas que te acompanham durante seu cotidiano? Confira clicando aqui.

Modo de preparo

Por mais simples que seja o preparo do seu ovo de páscoa zero açúcar, você não pode esquecer de ficar atento a temperagem do chocolate para não passar do ponto, por isso, escolha fazer aos poucos.

  1. Comece preparando o recheio, pois ele precisa esfriar antes de rechear o ovo. Para isso leve ao fogo médio para baixo 300 gramas do chocolate diet ou zero açúcar com o creme de leite, o cacau peneirado e o adoçante. Fique mexendo até o chocolate derreter completamente e virar um creme lisinho. Desligue e deixe esfriar para engrossar.
  2. Prepare a casquinha do ovo de Páscoa esquentando em banho-maria ou no microondas o restante chocolate (500 gramas) até ficar completamente derretido – preste atenção para não esquentar demasiado o chocolate ou ele irá queimar, ficando com gosto e consistência estranhas.
  3. Espalhe o chocolate derretido na forma de ovo de Páscoa de modo a conseguir uma camada fina. Coloque a forma virada para baixo num tabuleiro com papel alumínio ou papel manteiga, para escorrer o excesso, e reserve na geladeira por 5-10 minutos.
  4. Repita mais uma ou duas camadas de chocolate, reservando a forma na geladeira entre cada camada, para firmar. A última camada deverá ficar na geladeira por 30 minutos, para ficar bem durinha.
  5. No momento de rechear coloque 2/3 do creme preparado anteriormente, deixando um espaço até ao topo. Polvilhe cacau em pó peneirado, coloque o restante creme de chocolate e cacau num saco de confeitar e use para decorar os ovinhos. Devolva à geladeira por 1 hora.
  6. Depois de colocar para gelar está pronto seu ovo de páscoa diet!

Não deixe de conferir as 8 melhores receitas de bolo vegano para você e a melhor parte é que a maioria não precisa de açúcar! Se interessou? Clique aqui e saiba mais.

Gostou dessa receita?

Esperamos que essa receita tenha te ajudado a fazer um ovo de páscoa zero açúcar cheio de sabor! Deixe-nos saber o que você achou nos comentários.

Continue acompanhando o VegOrgânico para outras receitas maravilhosas e não esqueça de compartilhar essa receita com quem você sabe que não pode comer grandes quantidades açúcar!

Coxinha de palmito

Coxinha vegana de palmito

A coxinha é um petisco muito presente no cotidiano brasileiro, seja em lanchonetes, no bar ou em restaurantes chiques, esse petisco é o que não decepciona e essa é a nossa versão de coxinha vegana!

Coxinha de palmito
Imagem e Reprodução: Coxinha | Freepik

A receita original da coxinha é a massa de farinha de trigo, frango no recheio e fritura imersiva no óleo quente. Ao passar o tempo, novas formas de fazer a receita foram criadas, seja com mudança na massa ou no recheio.

Nossa versão é uma coxinha vegana e assada, o que resulta em uma coxinha mais saudável do que a tradicional e a melhor parte, sem uso de ingredientes de origem animal.

Ingredientes

A mandioquinha foi escolhida para receita de coxinha vegana, pois deixa a massa amarela sem necessitar de outros temperos em grande quantidade, mas você pode utilizar inhame, batata doce, macaxeira ou batata comum que dará certo!

  • Mandioquinha – 5 unidades
  • Farinha de mandioca fina – 1/4 xíc.
  • Óleo vegetal – 2 colheres de sopa
  • Polvilho doce – 1 colher de sopa
  • Sal – 1/2 colher de chá
  • Palmito cortado em tiras finas – 2 xícs.
  • Azeitonas sem caroço – 1/4 xíc.
  • Pimentão cortado em cubinhos – 1/4 xíc.
  • Cebola – 1 pequena
  • Água – 2 colheres de sopa (opcional)
  • Polvilho doce – 1 colher de sopa (opcional)
  • Óleo vegetal – 1 colher de sopa
  • Sal – 1/2 colher de chá

Uma coxinha vegana fica melhor ainda se tiver um doce para comer depois de saboreá-la, não é mesmo? Por isso, confira agora a receita de um delicioso manjar de coco vegano!

Modo de preparo

O palmito usado nessa receita de coxinha vegana pode ser o natural ou em conserva, apenas lembre-se de retirar o excesso de sódio do palmito em conserva!

  1. Descasque a mandioquinha e corte em pedaços menores. Transfira para uma panela e cubra com água, cozinhe até ficar macia.
  2. Escorra a água e amasse com um garfo até virar purê ainda quente. Espere esfriar por completo.
  3. Adicione os demais ingredientes e misture com as mãos até obter uma bola de massa lisa e homogênea.
  4. Se a massa estiver muito úmida e grudenta, adicione mais farinha de mandioca até dar ponto.
  5. Corte a cebola em cubinhos e refogue no óleo até dourar.
  6. Junte o palmito, as azeitonas, o pimentão e o sal. Misture bem e deixe refogar por cerca de 3 minutos, mexendo de vez em quando.
  7. Dissolva o polvilho doce na água e acrescente ao recheio. Misture até ficar homogêneo.
  8. Pegue uma pequena porção da massa e faça bolinhas com a palma da mão. Achate e coloque o recheio no centro.
  9. Feche a massa moldando o formato de coxinha.
  10. Para empanar mergulhe rapidamente as coxinhas na água e em seguida passe na farinha de mandioca.
  11. Retire o excesso de farinha e distribua as coxinhas em uma assadeira. Leve ao forno preaquecido a 180°C por cerca de 15 minutos.

É sempre bom ter uma variedade de petiscos, seja para um aniversário, para um lanche ou para acompanhar uma cerveja gelada. Por isso, não pare na coxinha! Confira aqui nossa receita de kibe vegano!

Gostou da receita?

Sabemos que algumas dúvidas podem surgiu durante o processo, por isso, aqui está um vídeo sobre como fazer sua coxinha vegana!

Deixe-nos saber se gostou dessa receita de coxinha vegana! Não esqueça de continuar acompanhando o VegOrgânico para atualizações diárias deliciosas.

Soja xadrez

Soja Xadrez

Soja xadrez é uma das formas de fazer proteína de soja, que é uma das principais opções para quem não consome proteína animal e também é uma ótima opção para quem possui intolerância à lactose ou só para aquelas pessoas que possuem um cardápio saudável e livre de qualquer derivado de origem animal. 

Soja xadrez
Imagem e Reprodução: Soja | Freepik

A proteína de soja é muito nutritiva, rica em fibras, baixo índice de gordura, entre outras vantagens! Ela é uma ótima opção para o seu cotidiano por ser muito prática e sabendo temperar, é o próprio manjar dos deuses! Você também tem opções diversificadas dos formatos da soja para encaixar melhor na sua receita.

Ingredientes

Para além desses ingredientes, você pode temperar sua soja xadrez com os seus temperos favoritos e usuais, acrescentando mais sabor ao seu prato. 

  • 1 cebola picada em quadradinhos
  • 1 xícara (de chá) de pimentão amarelo
  • 1 xícara (de chá) de pimentão verde
  • 1 xícara (de chá) de pimentão vermelho
  • 1/2 colher (de sopa) de gengibre ralado
  • 1 xícara (de chá) de proteína texturizada de soja grande
  • 1 xícara (de chá) de broto de bambu (takenoko) cortado em cubinhos (opcional)
  • 3/4 de xícara (de chá) de shoyu
  • 1 e 1/2 colher (de sopa) de amido de milho
  • 1 xícara (de chá) de amendoim torrado e descascado, sem sal
  • Sal a gosto

Um pouco da sua proteína estará na sua soja xadrez, mas o que fazer com o resto? Nós te auxiliamos! Confira agora uma deliciosa receita de polenta com proteína de soja!

Modo de preparo

Para dar ainda mais sabor a sua soja xadrez, você pode deixar a proteína marinando no shoyu e no gengibre. Uma ótima dica é come-lo quentinho.

  1. Ferva 3 xícaras e meia de água, hidrate a proteína e coloque o shoyu. Rale o gengibre e adicione na vasilha da proteína, mexa bem e deixe descansar.
  2. Pique a cebola em quadradinhos, assim como o pimentão vermelho, o verde e o amarelo. Faça o mesmo com o broto de bambu.
  3. Escorra a proteína de soja, assim que ela estiver suficientemente hidratada (mais mole) e reserve a água.
  4. Em uma panela coloque 3 colheres de sopa de óleo vegetal e refogue a proteína, em seguida acrescente o broto de bambu, depois os pimentões, mexendo bem, e por último adicione a cebola à mistura. Cuidado para os ingredientes não ficarem muito moles.
  5. Misture o amido de milho com a água com shoyu e gengibre e despeje na panela.
  6. Tempere com sal a gosto e coloque o amendoim. Refogue por mais um minutinho e desligue. Se quiser, regue com óleo de gergelim torrado. Está pronto!

Que tal um pão macio por dentro e com uma casquinha crocante por fora para acompanhar sua soja xadrez? Você pode fazê-lo em casa com pouquíssimos ingredientes, confira aqui 7 receitas de como fazer seu pão!

Gostou da receita?

Sabemos que às vezes algumas dúvidas surgem durante o processo, para sanar essas dúvidas, você pode acessar o vídeo tutorial da receita!

Torcemos para tudo tenha dado certo com sua soja xadrez! Não esqueça de continuar acompanhando o VegOrgânico para outras atualizações diárias deliciosas.

Moqueca

A moqueca é um dos pratos principais típicos brasileiros, esse prato consiste em um ensopado à base de frutos do mar e peixes, temperado com diversas ervas e pimentas. Cada região possui variações, algumas utilizam leite de coco, urucum, jambu, azeite de dendê, entre outros. 

Moqueca é um prato típico da culinária brasileira, rico em sabor, aroma e temperos. Essa versão é completamente vegana e muito saborosa. Confira!
Imagem e Reprodução: Moqueca | Freepik

Por cada região possuir sua variação da moqueca, é fácil perceber que com tantas versões, não há muita concordância em determinados elementos. Porém, o elemento mais tradicional e unficador da moqueca é o uso da panela de barro. 

Ingredientes

Essa versão da moqueca é completamente vegana, cheia de sabor e a melhor parte é que os ingredientes são muito simples!

  • 3 bananas da terra cortadas em rodelas de 0,5cm
  • 2 tomates frescos picados grosseiramente
  • 1 cebola grande picada grosseiramente
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 lata de tomates sem pele processada com o suco dos tomates até virar um molho de tomate
  • 1 pimentão verde pequeno picado grosseiramente
  • 1 vidro pequeno de leite de coco
  • 1 colher de sopa de gengibre fresco ralado
  • Um punhado de salsa, cebolinha e coentro
  • Azeite de oliva e/ou dendê
  • Sal e pimenta à gosto [prefira a pimenta calabresa]

Pensando em qual entrada fazer para acompanhar sua moqueca vegana? Nós te ajudamos! Confira agora uma deliciosa receita de suflê de couve flor!

Modo de preparo

Tenha certeza que o modo de preparo irá encher toda sua cozinha com um aroma cheio de especiarias que irá conquistar todos os presentes. 

  1. Em uma panela não muito pequena, doure o alho, a cebola, o pimentão e o gengibre ralado em azeite de oliva ou dendê, como preferir.
  2. Quando estiver dourando mas não queimando, acrescente os tomates frescos, o molho de tomate e o leite de coco. Abaixe um pouco o fogo e deixe que os sabores de todos os ingredientes se misturem bem por cerca de 5 minutos.
  3. Enquanto sua moqueca está apurando sabores, aproveite para preparar as bananas. Em uma frigideira, frite as bananas em um pouquinho de azeite de oliva. Salpique as bananas com sal e pimenta. As bananas estarão prontas quando ficarem bem amarelas e com partes douradas. Eu usei uma bistequeira, dessas com frisas, no lugar da frigideira. As bananas ficaram listradinhas.
  4. Acrescente as bananas à moqueca e prove para então temperar à gosto. Assim que estiver com o sabor perfeito, desligue o fogo.
  5. Na hora de servir, coloque a salsinha, cebolinha e coentro por cima. Eu ainda coloquei algumas pimentas biquinho.

Que tal uma sobremesa refrescante para finalizar sua refeição com chave de ouro? Confira agora nossa receita de um delicioso mousse de maracujá vegano, simples, prático e cheio de sabor!

Vídeo 

Gostou da receita? Deixe-nos saber das suas sugestões nos comentários!

Confira o vídeo da receita para demais explicações.

Focaccia

Focaccia

A focaccia é um pão que teve sua origem em Gênova, na Itália. O pãozinho é achatado, muito macio e originalmente é regado com muito azeite, alguns ramos de alecrim e sal grosso.

Focaccia
Imagem e Reprodução: Focaccia | Freepik

Em seu país de origem, a focaccia é extremamente versátil e pode ser consumida tanto no café da manhã, como acompanhamento ou aperitivo. 

Ingredientes

Os ingredientes dessa receita não são difíceis de achar e também não diferem tanto dos ingredientes que são normalmente necessários para fazer um pão.  

  • 500 gramas de farinha de trigo
  • 1 colher de sobremesa de sal
  • Azeite a gosto
  • 325ml de água filtrada
  • 2 colheres de chá de fermento biológico seco
  • Fubá para untar
  • Tomate-cereja a gosto
  • Flor de sal a gosto
  • 1 gema misturada com 1 colher de sopa de água (opcional)

O que acha de tornar sua focaccia a entrada para deliciosas lentinhas a bolonhesa com espaguete? Gostou da ideia? Confira a receita agora!

Modo de preparo

Para fazer focaccia é muito importante respeitar o tempo de crescimento da massa e ficar atento aos detalhes para não errar as medidas!

  1. Reúna todos os ingredientes;
  2. Em um recipiente, adicione a farinha, o sal e misture. Em seguida, acrescente 1 colher de chá de azeite e não mecha;
  3. Em outro recipiente, coloque a água e o fermento, mas não misture;
  4. Despeje a água com fermento na farinha com azeite e misture bem até formar uma massa. Sove a massa, com as mãos, por cerca de 10 minutos;
  5. Transfira para uma tigela, tampe com um pano e deixe descansar por 40 minutos;
  6. Coloque a massa em uma forma untada e polvilhada com fubá, preenchendo todo o espaço;
  7. Faça vários furinhos na massa com o dedo, despeje um pouco de azeite por cima e adicione os tomates-cerejas nos buraquinhos;
  8. Salpique a flor de sal e cubra ela com um pano úmido (em contato com a massa) e deixe descansar por 45 minutos ou até ela crescer e alargar;
  9. Retire o pano, pincele a gema e leve ao forno preaquecido a 200 ºC por cerca de 45 a 55 minutos;
  10. Agora é só servir.

E uma sobremesa? Que tal? Confira essa deliciosa receita de brigadeirão vegano, perfeito para acompanhar sua refeição! 

Gostou dessa receita?

Esperamos que tenha gostado dessa receita! Deixe-nos saber sua opinião e sugestões nos comentários. Não esqueça de continuar nos acompanhando para mais atualizações.

Para maiores explicações, basta assistir o vídeo!

Os 10 melhores petiscos veganos e vegetarinos para você!

Os 10 melhores petiscos veganos e vegetarinos para você!

Não é novidade que o brasileiro adora petiscos, seja para comer no bar junto de uma cerveja, nos fins de semana ou até para come-los depois do trabalho. Sabendo disso, nessa lista mostramos as melhores receitas de petiscos veganos e vegetarianos para você se deliciar.

Os 10 melhores petiscos veganos e vegetarinos para você!
Imagem e Reprodução: Petiscos| Freepik

Essa lista te ajuda a saber o que preparar para seus convidados e te ajuda também a descobrir o que fazer quando você estiver afim de ficar em casa comendo um bom petisquinho de bar acompanhado de uma bebida bem gelada para refrescar!

Vamos te provar que é sim possível preparar petiscos veganos e vegetarinos deliciosos no conforto da sua casa, sem que isso signifique gastar rios e rios de dinheiro. E o melhor, ainda pode sair ainda mais barato do que ir ao bar. Confira agora!

Bolinhas de tofu

Essas bolinhas de tofu são um petisco maravilhoso e muito simples de fazer, é ótimo para ser uma entrada, para servir nos aniversários ou ser acompanhar uma boa bebida.

top view fried cheese balls sauces small bowls cutting boardtop view fried cheese balls lettuce sauce bowls chopping board
Imagem e Reprodução: Bolinhas | Freepik

Os ingredientes desse belíssimo petisco também são facilmente encontrados e você não irá precisar se preocupar com gastos elevados.

Essas bolinhas podem ser acompanhadas de qualquer molho da sua preferência ou até sem molho, afinal elas são muito cremosas por dentro!

Tomate recheado 

O tomate recheado não é um petisco muito visto, mas apesar de ser diferente, é ótimo para compor uma tábua de frios ou servir como entrada de um jantar.

tomatoes stuffed with rice vegetables meat
Imagem e Reprodução: Appetizer | Freepik

Esses tomates são muito bem temperados e a junção forma uma explosão de sabores na boca que será difícil esquecer, é um petisco para conqusitar corações.

Você também pode usar a criatividade para adicionar outro recheio na receita! Esse petisco vai bem com diversos recheios, não tenha medo de testar.

Grão de bico crocante

Procurando um petisco prático, cheio de sabor e nutritivo? Acabou de achar! O grão de bico crocante é tão gostoso que pode assumir o papel do amendoim.

side view leblebi roasted chickpeas with salt black tea table
Imagem e Reprodução: Fried chickpea | Freepik

Crocante, bem temperado, você não vai querer parar de comer esse grão de bico! O melhor é que essa receita utiliza apenas 5 ingredientes.

Você pode acrescentar o tempero que preferir ao seu grão de bico crocante para que ele fique do seu gosto! O preparo dessa receita exige um tempo a mais, mas vale muito a pena! Você não irá se arrepender.

Bolinho de bacalhau vegano

Bolinho de bacalhau é um petisco clássico, mas e se eu te disser que ele pode ficar ainda melhor? Isso mesmo, essa é uma versão completamente vegana e muito saborosa da receita original.

cod cake
Imagem e Reprodução: Bolinho de bacalhau | Freepik

O melhor dessa receita é que esse bolinho é muito fácil de fazer e o resultado é tão bom que esse petisco vai estar presente em todos os teus fins de semana e encontros com os amigos.

Cheio de sabor, essa receita de bolinho de bacalhau vegano foi preparada com muito carinho para você experienciar o melhor desse petisco sem um nenhum derivado de animais.

Abobrinha empanada

A abobrinha empanada é o petisco perfeito para acompanhar uma boa bebida e com certeza deve ser incluída no seu cardápio para o fim de semana ou até para sair da rotina em dias de semana.

stuffed zucchini with chicken tomatoes onion with cheese crust
Imagem e Reprodução: Abobrinha| Freepik

Com apenas 6 ingredientes você tem um petisco simples e gostoso! Você também pode temperar sua abobrinha da forma que quiser, pode até deixar as fatias marinando um pouco no tempero.

Você também pode conferir aqui um delicioso falafel de beterraba para incremetar seus petiscos ainda mais! Não perca essa oportunidade, confira agora.

Nugget vegano

Essa é uma ótima opção de petisco para acompanhar suas refeições ou ser aquele lanchinho durante a tarde!

chicken nuggets with tomato sauce wooden table copy space
Imagem e Reprodução: Nuggets| Freepik

Existem muitas variações do nugget vegano, a nossa receita é de um nugget vegano de milho que fica extremamente saboroso, muito crocante e que com certeza irá te conquistar.

A melhor parte? O preparo é muito rápido. A melhor dica é, separe seus ingredientes antes de começar o preparo, assim tudo fluirá melhor!

Bolinho de arroz vegano

Esse petisco te ajuda a salvar aquele arroz que você fez em grande quantidade, acabou esquecendo e agora não sabe o que fazer. Nós te ajudamos a reaproveitá-lo em uma receita deliciosa!

homemade fried risotto arancini stuffed with cheese selected focus
Imagem e Reprodução: Bolinho de arroz | Freepik

E não importa se o arroz que você tem é do tipo branco ou integral, esse bolinho fica maravilhoso com os dois tipos! Você vai perceber que o modo de preparo desse bolinho de arroz é muito fácil e que exige pouquíssimos minutos.

Chegou a sexta à noite e você não preparou nada para comer acompanhado de uma boa bebida? Relaxe, pode pegar o arroz guardado na geladeira e fazer essa receita deliciosa rapidamente.

Kibe vegano

O kibe é um petisco muito conhecido em todo mundo. Essa iguaria foi criada em regiões do Mediterrâneo e Iraque, teve sua origem direcionada a classes menos favorecidas, uma vez que a carne e trigo são misturadas para render.

fried kibble with lemon quibe
Imagem e Reprodução: Kibe| Freepik

A receita desse petisco muito conhecido e amado pelos brasileiros chegou ao Brasil através de imigrantes libaneses, logo as receitas árabes ganharam espaço e foram sendo adaptadas pelos moradores locais para recheios brasileiros convencionais.

Essa é nossa receita de kibe vegano, um petisco tão gostoso que você não vai querer outra coisa e não vai nem lembrar da receita do kibe comum. Não perde essa chance, confira a receita agora!

Dadinhos de tapioca

Dadinho de tapioca é um petisco que foi criado “recentemente”, por meados dos anos 2000! Atualmente, ele tem ganhado muita força entre os consumidores e é marca registrada no cardápio de diversos bares do Brasil.

cubes cheese tapioca with pepper jam
Imagem e Reprodução: Dadinhos de tapioca | Freepik

Com esse crescimento da receita, novas versões vão surgindo e dessa forma, nasceu a nossa versão de dadinho de tapioca vegano!

Esse é um ótimo petisco e muito simples de fazer, exige pouquíssimos ingredientes e pouquíssimo tempo. Vale a pena conferir!

Pastel de Angu

Esse petisco é tradicional de Minas Gerais, feito com fubá e é muito versátil, podendo ter diversos recheios. De acordo com historiadores, essa iguaria surgiu através de duas escravas que faziam o pastel com sobras, restos de carne. Sendo o principal alimento dos escravos a base de milho, logo o fubá complementou a receita.

brazilian snack mini pasteis deep fried pastry traditonal food pastel selective focus
Imagem e Reprodução: Pastel | Freepik

Desde então, a receita é moldada e re-moldada até chegar nos tempos atuais, que inclusive, um grupo de cozinheiras de Itabirito, lutou para divulgar e manter o a receita que é patrimônio da cidade.

Com todo respeito a originalidade dessa receita, fizemos uma versão do pastel de angu sem o uso de proteína animal! Definitivamente, essa é uma receita repleta de história e sabor.

Gostou dessa lista de petiscos?

Esperamos que tenhamos te ajudado a fazer petiscos deliciosos para você aproveitar o melhor da vida! Deixe-nos saber o que achou das nossas receitas e não esqueça de continuar acompanhando o VegOrgânico. Bom apetite e até a próxima!

Yakissoba vegano

Yakisoba vegano

Yakisoba é um prato que ganhou muita popularidade entre os brasileiros. Típico da culinária chinesa, esse macarrão vem acompanhando de legumes, molho e geralmente, alguma proteína animal.

O prato possui diversas releituras e essa é uma versão do yakisoba sem uso de nenhuma proteína animal!

Yakisoba, um prato da culinária chinesa que é muito popular e amado pelos brasileiros agora em sua versão vegana. Confira!
Imagem e Reprodução: Vegan yakisoba | Freepik

Apesar do yakisoba ter sido criado na China, a massa popularizou-se no Japão e existem relatos dessa receita por meados do século 17 e 19, não é incrível? Esse prato delicioso espalhou-se pelo mundo inteiro e chegou ao Brasil por volta de 1908.

Ingredientes

Ingredientes super simples, a única coisa para prestar atenção é que o macarrão não pode ter ovos em sua composição.

  • 1 caixa de macarrão sem ovo
  • 1 cenoura fatiada em rodelas cozida
  • 1 brócolis (pequeno) cortado em pedaços cozido
  • 1/2 repolho roxo cortado em fatias finas
  • 1 cebola média picada
  • 2 colheres de (sopa) de óleo de gergelim torrado
  • 1/2 pimentão vermelho picado
  • 1/2 pimentão verde picado
  • 1/2 pimentão amarelo picado
  • sal a gosto
  • cebolinha picada e alho em flocos a gosto.
  • tempero caseiro (alho, semente de coentro e sal)
  • 2 colheres (sopa) de amido de milho
  • 1 xícara (chá) de shoyu (molho de soja)
  • 1 xícara (chá) de água

Além do yakisoba, confira também outras 10 receitas vegetarianas que você vai amar conhecer, basta clicar aqui!

Modo de preparo

Você não irá encontrar nenhuma dificuldade no passo a passo do seu yakisoba! Para facilitar ainda mais, basta deixar os ingredientes cortados, prontos para uso e devidamente separados.

  1. Cozinhe o macarrão al dente e reserve.
  2. Cozinhe o brócolis e a cenoura em água com um pouco de sal separadamente e reserve.
  3. Refogue cebola, alho, sal no óleo de gergelim; acrescente o repolho roxo e alho em flocos (misture até o repolho murchar) e reserve.
  4. Refogue os pimentões no óleo e tempere a gosto em fogo baixo até ficarem macios.
  5. Acrescente à mistura do repolho, misture tudo em um recipiente grande (exceto o macarrão).
  6. Dissolva o amido de milho em uma xícara de água e acrescente uma xícara (chá) de shoyu.
  7. Leve ao fogo até engrossar o molho, mexendo sempre.
  8. Misture os legumes com macarrão e acrescente delicadamente o molho de shoyu.
  9. Misture devagar e finalize com a cebolinha.
  10. Bom apetite!

Agora é só aproveitar seu yakisoba vegano delicioso! Viu como foi rápido? Continue acompanhando o VegOrgânico para outras receitas simples e deliciosas.

Sem dúvida

Se ainda tem dúvida alguma de como fazer seu yakisoba vegano, basta assistir o vídeo!

Não perca a chance de fazer essa receita maravilhosa e cheia de sabor.

Bolinhas de tofu

Bolinhas de tofu

Quem não ama um petisco? Seja para acompanhar um vinho, uma cerveja ou só para petiscar entre as refeições, essas bolinhas de tofu vegana te acompanha em todas as ocasiões.

Bolinhas de tofu
Imagem e Reprodução: Bolinhas | Freepik

Essas bolinhas de tofu também são ótimas para você servir como entrada de um jantar e são perfeitas para compor comidinhas de aniversários.

Ingredientes

Além de ser uma receita muito saborosa, ela também possui ingredientes simples que você pode encontrar rapidamente em qualquer supermercado.

  1. 1 Cenoura
  2. 1 naco de tofu, 250gr
  3. 1 Cebola pequena
  4. Azeite 4 colheres de sopa
  5. Meio limão espremido
  6. Sal
  7. Salsa a gosto
  8. Farinha de trigo para fazer a ligação
  9. Azeite para fritar

Não sabe o que fazer para acompanhar suas bolinhas de tofu? Que tal um hambúrguer vegano de shimeji? Clique aqui e confira a receita!

Modo de preparo

O passo a passo para fazer suas bolinhas de tofu também são extremamente simples e você não terá dificuldade alguma. Confira a seguir:

  1. Desfaz-se o tofu com as mãos até ficar uma pasta homogénea.
  2. Rega-se com o sumo de limão e deixa-se apurar pelo menos 30 minutos.
  3. Rala-se a cenoura e a cebola e rega-se com as três colheres azeite, deixando amolecer.
  4. Saltear os ingredientes todos com o azeite da cebola e da cenoura e adiciona-se a salsa e a o sal a gosto.
  5. Retira-se da wook e deixa-se amornar.
  6. Juntar a farinha e fazer as bolinhas. Se for necessário, juntar mais farinha para fazer a ligação.
  7. Fritar.
  8. Se preferir em vez de fritar, pode deixar assar no forno até dourar.

Sem saber o que fazer para o almoço de domingo? O que acha de um delicioso empadão vegano com uma massa que derrete na boca? Clique aqui e saiba mais.

Para todo mundo entender

Ficou com alguma dúvida? Não se preocupe, assista agora o vídeo tutorial das suas bolinhas de tofu!

Esperamos que tenha gostado! Continue acompanhando o VegOrgânico para outras receitas deliciosas.

Esfiha de espinafre

Esfiha de espinafre

Esfiha é uma receita árabe e quase obrigatória nas refeições dos seus criadores, espalhou-se ao redor do mundo através dos imigrantes e tornaram-se muito populares.

Esfiha de espinafre
Imagem e Reprodução: Spinach Sfiha

Você sabia que a pizza é derivada da esfiha? Pois é! A esfiha é uma tortinha de massa redonda, assada e que originalmente tinha uma camada de carne por cima, com o passar do tempo, outras variações foram surgindo. Assim como esta, que é uma versão vegana!

Ingredientes

Poucos ingredientes são necessários para fazer essa esfiha deliciosa, então não se preocupe em ter que gasta muito para realizá-la.

  • 1 tablete de fermento biológico fresco (ou seco)
  • 300 ml de água morna
  • 100 ml de óleo
  • 1 colher (sobremesa) de sal
  • 1 colher (sobremesa) de açúcar
  • 5 xícaras de farinha de trigo (pode misturar branca com integral)
  • 3 maços de espinafre
  • alho e cebola
  • sal a gosto
  • pimenta calabresa (opcional)

Você também pode querer conhecer as 10 melhores receitas vegetarianas de todas! Clique e confira mais.

MODO DE PREPARO

A melhor dica a ser dada no modo de preparo para sua esfiha ficar deliciosa é respeitar o tempo que a massa precisa para descansar! Veja a seguir o passo a passo:

  1. Numa tigela grande dissolva completamente o fermento no açúcar e no sal. Junte a água, que deve estar morna, e depois acrescente os demais ingredientes, adicionando a farinha de trigo por último e aos poucos.
  2. Sove a massa numa mesa ou pia enfarinhada.
  3. Deixe crescer por 30 minutos num local seco, encoberta por um pano de prato.
  4. Para saber quando está pronta, basta tirar uma bolinha, colocar na água e esperá-la subir.
  5. Enquanto isso, você pode fazer o recheio. Basta lavar o espinafre, separando as folhas dos talos. Dourar uma cebola e alho no azeite ou manteiga/margarina. Acrescente as folhas, tempere e espere que murchem. Então, tire o excesso de água com uma peneira (esta água rica em nutrientes, eu uso depois para cozinhar arroz ou fazer um macarrão ao pesto ou sopa).
  6. Com o recheio pronto e a massa crescida, você pode separar esta última em bolinhas pequenas, abri-las e modelá-las com um objeto redondo.
  7. Se fizer a receita inteira e modelar esfihas pequenas, poderá fazer mais ou menos umas 20.
  8. Coloque o recheio e faça as bordinhas. Achate o recheio no centro para que preencha todo o espaço da massa.
  9. Disponhas as esfihas numa assadeira (não untar). Asse em forno médio a quente, pré-aquecido, por cerca de 30-40 minutos, ou até que as bordas fiquem douradas.

Você também pode rechear suas esfihas com carne de jaca. Não sabe como fazer? Nós te ajudamos! Clique aqui e confira nossa receita.

Sem dúvida alguma

Ficou com dúvida? Confira o vídeo e faça sua esfiha de espinafre.

Gostou? Não esqueça de continuar acompanhando o VegOrgânico para outras receitas deliciosas.

Empadão vegano

Empadão vegano

Quem não gosta de um empadão com massa fofinha que derrete na boca e um recheio cremoso e cheio de sabor? Se você também é apaixonado, esse empadão vegano é para você!

Empadão vegano
Imagem e Reprodução: Pie | Freepik

Esse empadão vegano leva grão-de-bico e cúrcuma na massa e um recheio saboroso de palmito e vagem.

Ingredientes

Se você quiser e preferir, fique a vontade para trocar algum dos ingredientes. Lembre-se apenas de ficar atentos combinações e testar se os recheios e temperos que você colocar combinam um com o outro.

  • 240 g de palmito pupunha
  • 150 g de vagem bem picadinha
  • 1 lata de seleta de legumes
  • 50 g de azeitona preta fatiada
  • 100 g de cebola
  • 30 ml de azeite
  • 2 g de orégano
  • 120 ml de água
  • 1 colher (sopa) de amido de milho
  • sal a gosto
  • pimenta-do-reino a gosto
  • 1 caixinha de grão-de-bico
  • 20 ml de azeite
  • sal a gosto
  • 3 g de cúrcuma
  • 150 g de farinha de arroz
  • 60 ml de água

Se você quiser complementar sua refeição ainda mais, que tal conferir essa receita deliciosa de Salada Caprese para ser a entrada do seu empadão?

Modo de preparo

Essa receita possui uma forma de preparo bem simples e sem nenhum mistério. Confira!

  1. Para o recheio, refogue a cebola com azeite.
  2. Acrescente o palmito, a vagem, a cenoura e o orégano; cozinhe com a água até que fique ao dente. Tempere com sal e pimenta.
  3. Coloque o amido de milho dissolvido em um pouco de água, mexendo sempre até incorporar no recheio.
  4. Acrescente a azeitona e desligue o fogo.
  5. No processador, coloque o grão-de-bico, o azeite, sal, água e a cúrcuma; processe para misturar.
  6. Na tigela com a farinha de arroz, adicione a mistura e mexa com a ajuda das mãos até formar uma massa firme.
  7. Forre o fundo de pequenos recipientes com parte da massa.
  8. Coloque o recheio.
  9. Cubra com uma outra parte da massa.
  10. Leve forno pré-aquecido a 180°C por aproximadamente 30 minutos.

O que acha de uma sobremesa para adoçar a vida? Veja as melhores receitas veganas e vegetarianas de doces para melhorar seu dia.

Para tirar todas as dúvidas

Sabemos que algumas pessoas preferem acompanhar o preparo da receita por vídeo, por isso, se você quiser um tutorial visual dessa receita incrível, basta clicar no vídeo!

Não esqueça de continuar acompanhando o VegOrgânico!

Couve-flor gratinada

Couve-flor gratinada

A couve-flor gratinada ou gratin couve flor é uma receita coringa para os dias de preguiça que você quer comer algo gostoso, mas não sabe o que. Apesar da couve-flor gratinada ser um prato considerado sofisticado, a receita é super simples e com certeza você irá amar.

Couve-flor gratinada
Imagem e Reprodução: Couve-flor | Freepik

A couve-flor é muito deliciosa, podendo ser utilizada em vários pratos, ela se dá por um conjunto de flores belíssimos que teve sua origem no Mediterrâneo e se espalhou por todo planeta.

Ingredientes

Os ingredientes para sua couve-flor gratinada são de fácil acesso, por isso, você pode encontrá-los em uma rápida visita ao supermercado.

  • 1 couve-flor de cabeça grande
  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal
  • 3 colheres de sopa de farinha
  • 1 xícara de leite (de preferência quente)
  • 1 xícara de creme pesado
  • 1/2 xícara de queijo Edam (ralado)
  • 4 a 5 porções de queijo gouda
  • sal a gosto
  • pimenta a gosto (branco ou preto)
  • noz-moscada a gosto (recém-ralado)
  • 3 colheres de sopa de manteiga sem sal (derretida)
  • 1/3 xícara de pão ralado seco
  • 2 colheres de sopa de queijo parmesão
  • 2 colheres de sopa de queijo Edam (ralado)

O que acha de descobrir as 10 melhores receitas vegetarianas que podem acompanhar sua couve-flor gratinada? Confira agora!

Modo de preparo

Apesar de possuir uma quantidade levemente extensa de passos a serem seguidos, não há nenhum mistério nessa receita, mas lembre-se de ficar atento ao cozimento da couve-flor, pois ela ainda será gratinada.

1. Corte a couve-flor em pequenas florzinhas, depois lave e escorra.

2. Ferva ou cozinhe a couve-flor por 4 ou 5 minutos, ou até ficar crocante. Se ferver, não se esqueça de escorrer bem a couve-flor parboilizada em uma peneira, batendo levemente com uma toalha, se necessário.

3. Em uma panela média, derreta duas colheres de sopa de manteiga em fogo médio-baixo. Adicione a farinha e use um batedor para combinar bem. Cozinhe por um minuto ou dois, mexendo sempre, até que a mistura esteja borbulhante e suave.

4. Aos poucos, adicione o leite, mexendo sempre com cada adição até que a mistura esteja lisa e não tenha grumos. Bata no creme pesado. Aumente o fogo para médio e mexendo ou mexendo constantemente, leve a mistura para uma fervura lenta. Cozinhe por mais um ou dois minutos, até engrossar.

5. Retire a panela do fogo e adicione os queijos, mexendo ou mexendo até derreterem e estarem bem incorporados. Adicione sal, pimenta e noz-moscada a gosto.

6. Coloque um pouco do molho bechamel em sua assadeira – o suficiente para cobrir generosamente o fundo – e depois adicione a couve-flor, organizando a camada superior de modo que as florzinhas fiquem voltadas para cima. Cubra a couve-flor com o bechamel restante.

7. Faça a cobertura combinando a manteiga derretida com as migalhas de pão e os queijos. Distribua-o sobre a couve-flor.

8. Pré-aqueça o forno a 375 ° F (190 ° C). Asse o gratinado, descoberto, por 25 a 30 minutos, até que a couve-flor esteja macia e a cobertura dourada. Deixe esfriar por 10 minutos antes de servir.

Sua couve-flor gratinada está pronta. Esperamos que tenha gostado dessa receita que preparamos com carinho! Não esqueça de continuar acompanhando o VegOrgânico para atualizações diárias saborosas.

O tutorial que tira as dúvidas

Nada melhor do que ver para aprender não é mesmo? Por isso, se houver alguma dúvida sobre a receita da sua couve-flor gratinada, basta assistir o vídeo e tudo será explicado.

Pronto! Agora é só saborear sua couve-flor gratinada. Esse é um prato clássico delicioso e que tem grande potencial para conquistar todos os seus amigos e familiares.

As 7 melhores receitas de pão para você!

Pão de 7 formas diferentes

Quem não ama pão? Essa receita tão versátil faz parte do cardápio diário do brasileiro, independentemente do acompanhamento que você escolhe.

Sabia que esse alimento excepcional surgiu há mais de 6 mil anos Antes da Era comum? Pois é, foram os egípicios que descobriram que o trigo fermentava, mas não pense que todos tinham acesso aos pães. Naquela época consumir esse alimento era símbolo de poder e status.

Os pães feitos com a melhor qualidade de trigo eram exclusivamente das pessoas ricas e há quem diga que ninguém se dedicou tanto ao pão quanto os egípcios.

As 7 melhores receitas de pão para você!
Imagem e Reprodução: Bread | Freepik

Apesar de ser uma teoria muito aceita ao redor do mundo, ninguém pode afirmar com certeza de que foram os egípcios que o criaram, mas sabe-se que a partir do momento que o ser humano controlou a fermentação, a receita foi disseminada pelo mundo.

Afinal, antigamente era comum associar a fermentação à comida estragada. Apenas Louis Pasteur, francês e cientista que compreendeu o processo de fermentação do trigo e tudo passou a ser mais “industrial”.

Quando o pão chegou no Brasil?

Foram os portugueses que trouxeram os pães para nosso país e o plantio do trigo só começou anos depois, só assim o hábito de consumir esse alimento foi-se criando entre os brasileiros. Dentre os pães, o francês é mais consumido pelos brasileiros do que qualquer outro.

A disseminação dessa receita é fortemente influenciada por como ela é versátil. Podendo acompanhar uma boa geleia, patê, cremes, compor saladas ou acompanhado apenas por azeite. As possibilidades são ilimitadas.

Por isso resolvemos trazer as 7 melhores receitas do VegOrgânico para você poder aproveitar essas receitas maravilhosas sem peso na consciência, afinal, todas as receitas dessa lista são livres de qualquer ingrediente de origem animal!

Pão de batata

Batata é uma dos ingredientes mais conhecidos e mais amados, muito usada em diversas receitas como acompanhamento, prato principal ou um ingrediente para compor.

As 8 melhores receitas de pão para você!
Imagem e Reprodução: Potato | Freepik

Essa receita foi preparada com muito carinho, afinal, um ingrediente tão gostoso merece tratamento especial! Por isso você vai encontrar nessa receita um pão nutritivo, gostoso, fofinho e com uma casquinha crocante.

Você vai perceber que ele é ótimo para compor suas refeições e é um ótimo acompanhamento para aqueles dias corridos em que você não tem tempo para fazer algo. Basta duas fatias desse pão, alguma geleia ou uma pasta de sua preferência e está pronto um delicioso sanduíche.

Pão sírio

Essa é aquela receita coringa que você não pode esquecer! Com esse pão sírio vegano e sem glúten, quem manda é você!

As 8 melhores receitas de pão para você!
Imagem e Reprodução: Syrian bread | Freepik

Essa receita acompanha todas suas ideias de inovação culinária, basta recheá-lo da forma que preferir e ele irá atender suas expectativas.

Sua deliciosa massa fina pode ser levada ao forno, esquentada na frigideira ou você pode optar por não fazer nada disso e apenas saboreá-lo, afinal, ao fim da receita o pão estará pronto para consumo, diferente de marcas industrializadas que são apenas pré-cozidos.

Pão de banana com aveia

Pensando no que fazer com as bananas que sempre estragam? Temos a solução! Essa deliciosa releitura da receita original, que utiliza banana e aveia é vegana e sem glúten, ideal para um café da manhã delicioso e nutritivo.

As 8 melhores receitas de pão para você!
Imagem e Reprodução: Banana bread | Freepik

Quanto mais madura sua banana estiver e dependendo do tipo de banana, mais doce sua receita irá ficar, então fique atento a esse detalhe! Esse pão é muito fofinho e derrete na boca, não tem quem ele não consiga conquistar. É amor na primeira mordida!

Tenha certeza que você não irá se arrepender de fazer essa delícia. Além de que, ele é ideal para ser acompanhado por um bom café quente.

Pão de mel

Quem não ama essa receita? Uma das teorias é que maravilha foi criada na Rússia e sua receita foi passada de geração para geração, tendo cada família uma forma de realizar o doce. Eles poderiam ser dados como forma de desejar cura a um enfermo ou para felicitar um casamento.

As 8 melhores receitas de pão para você!
Imagem e Reprodução: Pão de mel | Freepik

Apreciado por todo planeta, esse pãozinho pode ter diversos recheios e coberturas, ficando a critério de cada um. No Brasil, o mais comum é encontrá-lo coberto por uma deliciosa camada de chocolate, mas te afirmamos, nenhum pão de mel que você já comeu será melhor do que essa receita vegana.

Você não vai perder a chance de conferir essa receita cheia de sabor, não é? Esse pãozinho é um ótimo lanche e uma ótima sobremesa para complementar sua refeição.

Pão de alho

Essa é uma receita indispensável para o churrasco brasileiro. Se você quer um churrasco vegano, não esqueça de fazê-la, seus convidados irão amar!

As 8 melhores receitas de pão para você!
Imagem e Reprodução: Pão de alho | Freepik

Cheio de sabor e aroma, ninguém consegue colocar defeitos! Caso sua padaria local utilize ingredientes de origem animal para fazer o pão francês, o que não é comum, você pode utilizar o pão de batata dessa receita para fazê-lo, ficará delicioso.

Que tal uma receita de lentilhas com espaguete à bolonhesa para acompanhar seu pãozinho de alho delicioso? Não perca tempo, confira agora.

Pão de queijo

Eis uma tarefa difícil, encontrar um brasileiro que não seja apaixonado por pão de queijo. Fáceis, versáteis, cheios de sabor e perfeito para acompanhar um café bem quentinho!

As 8 melhores receitas de pão para você!
Imagem e Reprodução: Pão de queijo | Unsplash

O que era bom fica ainda melhor, essa receita não usa nenhum ingrediente de origem animal, ou seja, você pode comer sem peso na consciência e tenha certeza que é ainda mais delicioso do que a receita original! Para dar ainda mais sabor a sua receita, escolha temperos de sua preferência.

Você não pode sair sem conferir essa receita deliciosa, cheia de sabor e que você pode congelar para fazê-los a hora que quiser e aproveitá-los bem quentinhos.

Rabanada

Se apaixonou por essa lista, fez todas as receitas e agora tem pães sobrando? Relaxa, a gente também te ajuda com isso!

As 7 melhores receitas de pão para você!
Imagem e Reprodução: Bread | Freepik

Essa é nossa receita de rabanada vegana, afinal, não precisa ser Natal para você aproveitar essa maravilha. Nossa rabanada é cheia de sabor e pode ser o acompanhamento de alguma sobremesa que você fizer ou ser a própria sobremesa.

Iai? Gostou dessa lista cheia de maravilhosas receitas? Esperamos que sim! Não esqueça de continuar acompanhando o VegOrgânico para outras atualizações diárias imperdíveis.

Iogurte caseiro

Iogurte caseiro

Iogurte caseiro que rende muito e saboroso de uma forma que você não encontra nos supermercados. O iogurte nada mais é do que leite que teve seu açúcar transformado em ácido láctico através da fermentação bacteriana.

Essa receita, muito conhecida em todo mundo, é presente em cafés da manhã, lanches e até em outras refeições. O que contribuiu de forma ativa para essa altíssima popularidade é a versatilidade, afinal, ele pode ter milhares de sabores, pode acompanhar, frutas, compor sobremesas e até molhos.

Em determinadas dietas de restrição calórica, esse também é um bom ingrediente para substituir o creme de leite e como muitas das receitas antigas, não se sabe, com exatidão, quando ela foi criada ou quem a criou. O que temos são teorias, porém, algumas mais aceitas que outras.

Iogurte caseiro
Imagem e Reprodução: Iogurte | Freepik

Como o leite fermentado é base para essa receita, algumas historiadores acreditam que os búlgaros o inventaram e que os nômades, em suas peregrinações levaram para outros continentes, como a Europa.

Outros acreditam que sua origem deu-se na Turquia, outros na Grécia e outros acreditam que pastores descobriram iogurte por acaso ao guardar seu leite em altas temperaturas. Apesar da diversidade de teorias, sabe-se que em tempos antigos, já se era falado sobre os benefícios do leite fermentado.

Iogurte caseiro
Imagem e Reprodução: Iogurte | Freepik

Atualmente já é comprovado cientificamente que consumir o iogurte ajuda o intestino em seu funcionamento e é indicado para pessoas com osteoporose. Essa receita também é indicadas para todas as pessoas se refrescarem durante os períodos de alta temperatura!

Os acompanhamentos para essa receita refrescante pode ser o que você quiser. O Iogurte pode ser batido com morangos, mangas, bananas ou qualquer outra fruta de sua preferência, pode ser acompanhado por cereais, mel, granolas ou pedaços de fruta e também pode ser consumido sem nenhum adicional.

Ingredientes para seu Iogurte

Os ingredientes para essa receita rendem 10 porções, ou seja, você utiliza apenas dois ingredientes e faz render 10x mais do que se o comprasse pronto no supermercado. Além se simples e fácil, essa receita te ajuda a economizar.

  • 2 litros de leite semidesnatado (pode usar leite sem lactose)
  • 1 potinho de iogurte  integral (consitência firme) 170g aproximadamente

Quer descobrir outras receitas vegetarianas deliciosas, práticas e que te acompanham no seu cotidiano? Te ajudamos nessa, basta clicar aqui e conferir.

Modo de preparo

Essa receita não possui nenhum passo que seja difícil, mas lembre-se de respeitar o tempo de fermentação do seu iogurte, por isso, tenha paciência! Sua espera valerá a pena.

  1. Colocar o leite em uma panela e levar ao fogo.
  2. Desligar assim que ferver.
  3. Se formou uma película, descarte-a.
  4. Deixar esfriar até o ponto que você consiga colocar o dedo no leite e ele se mantém bem quente, mas sem queimar seu dedo.
  5. Se o dedo consegue ficar ali por 10 segundos tá no ponto.
  6.  Nesse momento, coloque o copinho de iogurte no leite e misture.
  7. Feche a panela e envolva-a com algumas toalhas, para mantê-la aquecida.
  8. Deixe bem fechado por cerca de 8 a 10 horas em temperatura ambiente ou dentro do forno desligado.
  9. Se estiver muito calor, ele pode ficar pronto antes, ou seja, quando ele atingir a consistência, está pronto. 

O que achou dessa receita? Esperamos que tenha gostado! Se você for bater seu iogurte com alguma fruta, recomendamos que o faça apenas na hora do consumo. Assim, você evita que seu iogurte azede, afinal, essa receita não contém conservantes adicionais.

Obrigada por acompanhar até aqui! Se você quiser atualizações diárias de receitas deliciosas ou só estiver procurando por algo diferente e gostoso para saborear, basta continuar acompanhando o VegOrgânico!

Nhoque de abóbora

Nhoque de abóbora

Se você, assim como nós, é apaixonado por nhoque, tenha certeza que o nhoque de abóbora irá te conquistar! Quem sabe ele não se torna até seu favorito?

Essa receita tradicional é carregada de mitos. Por ser uma refeição muito antiga não há como afirmar sua real origem, pois com o passar dos anos, a receita se modifica e as histórias divergem.

Nhoque de abóbora
Imagem e Reprodução: Nhoque de abóbora | Unsplash

Uma das teorias mais aceitas é que esse prato foi criado por antigas senhoras italianas que não possuíam acesso a ingredientes nobres como a farinha. Pela necessidade de alimentar a todos, essas senhoras utilizavam resquícios de pão ralado, pouquíssima farinha e água, formando pequenas pelotas e as cozinhando em água salgada.

Sempre muito saboroso, o nhoque logo chegou até os mais ricos e se popularizou por toda Itália. Apesar do nhoque ter atravessado os mares através dos italianos, alguns acreditam que essa versão das senhoras era uma releitura de uma receita do Oriente Médio descoberta pelos romanos.

No fim, não sabemos como a receita surgiu, mas agradecemos a quem quer que seja por ter nos proporcionado essa delícia! Sem mais delongas, vamos aos ingredientes!

Ingredientes do seu nhoque de abóbora

Uma dica extremamente importante para sua receita dar certo é utilizar a abóbora japonesa/cabotiá, para que não seja necessário adicionar tanta farinha.

  • Abóbora japonesa/cabotiá – metade de uma grande (1 kg)
  • Fubá fino (ou farinha de trigo branca) – 1 xícara (140 g) + um pouco para modelar
  • Fécula de batata – 1/2 xícara (70 g)
  • Azeite de oliva – 3 colheres de sopa (45 ml)
  • Sal – 2 colheres de chá (10 g)
  • Pimenta do reino – a gosto (opcional)

Caso você utilize a abóbora paulista, é provável que acabe com um nhoque com puro gosto de farinha, pois essa abóbora retém muita água e você precisaria utilizar o dobro de farinha.

Que tal descobrir mais receitas veganas e vegetarianas? Não precisa de muito, basta clicar aqui e acessar nosso site!

Modo de preparo

Como o nhoque não é uma receita fácil ou prática para o dia a dia, ela é ideal para jantar ou almoços no final de semana, quando você pode fazer e degustar de forma tranquila!

Vamos ao modo de preparo:

  1. Preaqueça o forno a 230 °C.
  2. Retire as sementes da abóbora com uma colher e envolva com papel manteiga ou alumínio.
  3. Leve ao forno preaquecido por cerca de 40 minutos ou até a polpa estiver macia.
  4. Retire do forno e, ainda quente, tire toda a polpa e transfira para um recipiente. Amasse bem com um garfo até formar um purê homogêneo, sem pedacinhos de abóbora. Reserve até esfriar.
  5. Adicione o fubá, a fécula de batata, o azeite de oliva, metade do sal e a pimenta do reino. Misture bem até obter uma bola de massa lisa e firme. Se necessário, adicione mais fubá.
  6. Polvilhe uma superfície lisa com um pouco de fubá e faça rolinhos com pequenas porções da massa. Corte em pedaços de aproximadamente 2 cm e reserve.
  7. Leve uma panela grande com água ao fogo alto. Assim que ferver adicione o restante do sal.
  8. Com o auxílio de uma escumadeira, mergulhe cerca de 10 nhoques por vez na água fervente. Deixe cozinhar até subirem à superfície.
  9. Retire os nhoques, escorrendo bem a água, e transfira para um recipiente.
  10. Adicione um fio de azeite enquanto ainda estão quentes e chacoalhe o recipiente até todos os nhoques estarem envolvidos, assim eles não grudam um nos outros. 
  11. Repita o processo até cozinhar todos.
  12. Sirva ainda quente com molho de tomate ou como preferir.

Esperamos que você tenha gostado da receita de nhoque de abóbora! Uma dica de molho é salteá-los na manteiga com azeite e um pouco de sálvia fresca.

Descubra receitas vegetarianas rápidas, práticas e deliciosas clicando aqui.

Barrinha de proteína de abóbora com amendoim e chocolate

Barrinha de proteína de abóbora com amendoim e chocolate

Essa é a barrinha de proteína vegana é ideal para quem pratica esportes ou apenas para quem quer complementar suas refeições diárias. Lembre-se que a barrinha deve complementar sua refeição, nunca substituí-la por completo.

Apesar da barrinha de proteína ser nutritiva, em uma vida saudável, alimentações balanceadas precisam de outros complementos. Essas barrinhas podem te ajudar a evitar de consumir lanches calóricos durante o dia. Além de que, essas barrinhas de proteína feitas em casa contem menos açúcares do que as industrializadas.

Essa receita foi pensada para pessoas que seguem uma dieta vegana poderem fazer suas barrinhas de proteína em casa, com a vantagem de adicionar e trocar o que preferir. As barras que são ricas em carboidratos são ótimas no auxílio de ganho de peso, já as ricas em fibras são excelentes para te auxiliar na perca de peso.

A melhor e mais nutritiva barrinha de proteína vegana que você poderia encontrar. Confira agora nossa receita!
Imagem e Reprodução: Barrinha de proteína | Freepik

Se você for utilizar essa barrinha de proteína como complemento para realizar alguma atividade física, o ideal é realizar uma refeição com 2h de antecedência e consumir a barrinha por volta dos 15 minutos antes de iniciar seus exercícios.

Caso você deseje utilizá-las como seu pós-treino, é indicado consumir a barrinha de proteína 15 minutos após a finalização do seu exercício e também, realizar uma refeição completa de em até 3h depois de finalizar as atividades.

Por último, lembre-se de se consultar com um nutricionista periodicamente e consumir bastante água. Sem mais delongas, vamos para a lista de ingredientes!

Ingredientes para sua barrinha de proteína

Algum dos ingredientes presentes na lista podem não ser encontrados em uma rápida olhada no armário, mas não precisa se desesperar! Uma ida ao mercado e você já terá tudo o que precisa em mãos.

  • 1 “ovo” vegano = 1 colher (sopa) de sementes de linhaça moídas + 2 colheres (sopa) de água
  • ¼ de xícara de melado (adicione mais a gosto, se necessário)
  • ½ xícara de pasta de amendoim
  • ½ xícara de purê de abóbora (feito com abóbora orgânica)
  • ½ xícara de farinha de aveia
  • ½ colher (chá) de canela
  • 1 barra de chocolate vegano picada em pedaços
  • 1 colher (chá) de óleo de coco
  • Flor de sal para salpicar por cima (opcional)

Além dessa receita, você também pode conferir nossa lista dos 8 melhores bolos veganos para adicionar no seu cardápio e incrementar ainda mais suas refeições.

Com os ingredientes devidamente separados, é hora de falarmos sobre o passo a passo de como preparar sua deliciosa barrinha de proteína.

Modo de preparo

Essa barrinha não leva muito tempo para ficar pronta, a demora consiste no tempo de cozimento e ao esfriar seus ingredientes. Apesar disso, não existe nenhum segredo para o modo de preparo, basta seguir o passo a passo que tudo dará certo!

  1. Cozinhe a abóbora e amasse para formar o purê. Reserve.
  2.  Em uma tigela, misture a linhaça moída e a água e deixe descansar até engrossar (2 a 5 minutos).
  3. Em seguida, misture a pasta de amendoim, o melado e o purê de abóbora.
  4. Adicione a farinha de aveia e a canela, e misture até formar uma massa. 
  5. Coloque esta massa em uma forma forrada com papel-manteiga e aperte para formar uma camada uniforme.
  6. Leve ao congelador por alguns minutos, enquanto prepara a cobertura de chocolate.
  7. Derreta o chocolate e o óleo de coco em banho-maria.
  8. Despeje o chocolate derretido por cima e alise até cobrir uniformemente, e leve de volta ao congelador. 
  9. Corte em quadrados, polvilhe com flor de sal, e sirva em seguida.

Pronto! Agora você já tem uma barrinha de proteína deliciosa, caseira e sem conservantes.

Você também pode descobrir outras deliciosas receitas veganas e vegetarianas clicando aqui.

Pão de batata

Pão de batata

Não é novidade que o pão de batata é amado por muitas pessoas, mas você já se perguntou onde ele surgiu? Acredite ou não, o pão de batata tem até certidão de nascimento!

Criado no dia 14 de Janeiro de 1790, o pão de batata foi inventado pelo cientista francês Antonie-Augustin Parmentier, O cientista recebeu o aval para descobrir como preparar um pão sem farinha de trigo por causa do caos que estava na França em detrimento da Revolução Francesa e consequentemente, da queda da Bastilha.

Nessa receita você encontra o pão de batata mais fofinho e saboroso. Não perde tempo, vem conferir!
Imagem e Reprodução: Batata | Unsplash

Foi esse mesmo cientista, que antes da criação do nosso amado pão de batata, provou para os franceses que a batata não era um alimento venenoso. Isso foi revolucionário, vários países deixaram de passar fome e até hoje vemos a importância do uso da batata na culinária.

Através da batata a agricultura alemã subiu de patamar, a China tornou-se a principal produtora de batatas, os italianos nos presentearam com nhoque, os belgas com batatas fritas, até a vodka russa foi beneficiada.

Pão de batata
Imagem e Reprodução: Pão de batata | Unsplash

Essa receita é simples, mas possui alguns detalhes que precisam de atenção. A batata é um ingrediente que não conseguimos calcular uma média do tanto de umidade presente em cada uma, por causa disso, é provável que em alguns casos você precise usar mais farinha ou mais leite.

Você também pode conferir outras das nossas receitas vegetarianas e veganas clicando aqui.

Ingredientes para seu pão de batata

Agora que você já sabe tudo sobre pão de batata, vamos a lista dos ingredientes! Os ingredientes não são caros ou difíceis de encontrar, por isso, pode ficar tranquilo. Confira a lista a seguir:

  • 1/2 colher (sopa) de sal;
  • 1 colher (sopa) de açúcar;
  • 1 xícara (240ml) de batata cozida amassada (usei 2 batatas inglesas médias cozidas em água);
  • 3 colheres (sopa) de manteiga derretida (aproximadamente 40g);
  • 2 gemas;
  • 80 ml de leite morno;
  • 5g de fermento biológico instantâneo seco (1/2 pacotinho);
  • Aproximadamente 500g de farinha de trigo;
  • 1 gema para pincelar.

Viu? Tudo bem simples! Agora vamos juntos para o modo de preparo do seu pão de batata delicioso.

Modo de preparo

Antes de você ler o modo de preparo, não esqueça, se sua batata tiver mais umidade, você terá que usar mais farinha. Caso ela tenha menos umidade, você terá que usar mais leite para equilibrar.

Apesar de ser uma receita de longo preparo, o resultado vale a pena! Veja a seguir o modo de preparo:

  1. Use uma vasilha funda;
  2. Misture o leite, a manteiga, as gemas e a batata amassada (que deve estar em temperatura ambiente);
  3. Junte os demais ingredientes secos deixando a farinha por último;
  4. Vá colocando farinha aos poucos e misturando;
  5. Ela deve ficar uma massa ainda pegajosa, se você tentar criar uma massa que desgruda das mãos vai usar muita farinha e o pão vai ficar duro;
  6. Não precisa sovar, só misturar tudo;
  7. Feche o recipiente com um pano ou filme plástico e deixe a massa crescer em local abafado por 1 hora ou até dobrar de volume (se morar numa região fria pode levar até duas horas);
  8. Coloque um pouco de farinha em uma bancada e despeje a massa;
  9. Vá jogando farinha por cima e sovando por uns 10 minutos;
  10. Faça bolinhas e coloque na assadeira;
  11. Deixe crescer por 30 minutos;
  12. Pré-aqueça o forno a 180ºC por 5 minutos;
  13. Coloque os pães no forno até ficarem dourados.

Depois que estiverem dourados, é só esperar esfriar e saboreá-los! Aproveite seu pão de batata macio, você merece por ter chegado até aqui.

Se estiver procurando um prato principal para acompanhar seu pãozinho, você pode conferir essa receita saborosa de espaguete com lentinhas.

As 10 melhores receitas de bolo para você.

As 8 melhores receitas de bolo vegano para você!

Cansado das mesmas receitas de bolo? Então esse post é para você! Preparamos uma lista com as 8 melhores receitas veganas de bolos deliciosos.

Essa lista está repleta de receitas saborosas com diversos bolos que te acompanham em todos os momentos, seja para café da manhã, para aniversário, para um chá da tarde ou apenas para saboreá-lo com um bom café.

As melhores receitas de bolo vegano para você que é apaixonado por um bolo saboroso, fofinho e repleto de carinho!
Imagem e Reprodução: Bolos | Unsplash

Se você, assim como nós, é apaixonado por receitas vegetarianas e veganas, vejas as receitas que preparamos com muito carinho em nosso site, basta clicar aqui.

Como o bolo surgiu?

Se você está aqui, é provável que seja apaixonado por bolos, mas já parou para se perguntar como ele surgiu? A gente te conta!

Ao que acredita-se o o bolo surgiu no Egito Antigo e o bolo deles era bem diferente do nosso, eram pães adoçados com xarope ou frutas. Quem aperfeiçoou a receita para algo mais parecido com o que temos hoje foram os gregos e romanos.

Em oferenda a deusa Ártemis, era preparado uma mistura que formava um redondo de pão e mel, depois de pronto ele era preenchido com velas acesas para representar a lua.

As 10 melhores receitas de bolo para você.
Imagem e Reprodução: Bolos com vela | Unsplash

O uso de velas também acontece há muito tempo e sua origem advém da época dos antigos deuses, onde acreditava-se que a fumaça das velas continham o poder de proteger o aniversariante pelo ano seguinte.

A diferenciação entre pães e receitas de bolo só vieram acontecer durante o período do Renascimento. Inclusive, existem relatos que no Reino Unido, durante o reinado da Rainha Vitória I, houveram festas com bolos de 2 metros de altura e até 200kg.

As maravilhosas receitas de bolo

Agora que já sabemos a origem do bolo, podemos seguir, sem mais delongas, para as receitas de bolo vegano que preparamos especialmente para você! Vamos lá.

Bolo de coco vegano e sem açúcar

O primeiro da nossa lista de receitas de bolo não poderia ser outro além do bolo de coco. Amado por muitos brasileiros, seu sabor é espectacular e por ter ingredientes de fácil acesso, não é um bolo caro.

As 10 melhores receitas de bolo para você.
Imagem e Reprodução: Bolo de coco | Unsplash

A receita que preparamos para você, além de não ter açúcar, também não usa nenhum produto de origem animal, ou seja, você vai comer um bolo fofinho, saboroso e vegano!

Esse bolo é perfeito para acompanhar um bom café depois do almoço ou ao final da tarde. Confira nossa receita clicando no botão!

Bolo de cenoura vegano

Essa é uma das clássicas receitas de bolo, muito conhecida e amada por muitos brasileiros, o bolo de cenoura com calda de chocolate é delicioso!

Além de ser muito nutritivo e saboroso, essa receita é super simples e na maioria das vezes, os ingredientes podem ser facilmente encontrados em uma rápida olhada nos armários ou na geladeira.

As 10 melhores receitas de bolo para você.
Imagem e Reprodução: Bolo de cenoura

A receita desse bolo delicioso é vegana, ou seja, livre de qualquer exploração animal. Então você pode apreciar essa maravilha sem peso na consciência!

Você vai perder a chance de comer essa delícia? Não perde tempo, clica no botão e confere a receita que preparamos.

Bolo de fubá com goiabada

A junção perfeita de fubá com goiabada em um bolo macio e delicioso. Essa é uma daquela receitas de bolo que ninguém consegue botar defeito. Para melhor funcionamento da receia, opte por separar todos os ingredientes antes do preparo.

As 10 melhores receitas de bolo para você.
Imagem e Reprodução: Bolo de fubá com goiabada | Vovó Palmirinha

Essa receita deliciosa foi preparada sem ingredientes de origem animal! Você vai perceber que poucas coisas mudaram e o que mudou ainda conserva todo sabor da receita original

Esse bolo é ideal para seu café da tarde ou para seu café da manhã. Com certeza é uma receita para deixar suas refeições ainda mais saborosas.

Bolo formigueiro

Já sonhou com um bolo formigueiro vegano? Relaxa, aqui seus sonhos se tornam realidade! Uma das receitas de bolo mais queridinhas entre os brasileiros, o bolo de formigueiro tem um lugar especial em nossos corações.

As 10 melhores receitas de bolo para você.
Imagem e Reprodução: Bolo formigueiro | Freepik

Altamente saboroso e muito fofinho, essa é a melhor definição para esse bolo. Por isso, essa receita foi preparada com todo carinho para você ter uma uma refeição sem exploração animal e sem que isso comprometa o sabor desse bolo delicioso.

Você vai realmente perder a oportunidade de comer esse bolo com um chá quentinho? Perde não! É só clicar no botão e conferir nossa receita.

Bolo de banana vegano

Um bolo fácil, barato e surpreendentemente saboroso agora em sua versão completamente vegana. Essa é uma das receitas de bolo mais gostosas e simplistas de fazer.

As 10 melhores receitas de bolo para você.
Imagem e Reprodução: Bolo de banana | Freepik

Uma dica para deixar seu bolo de banana ainda mais delicioso é polvilhar açúcar na forma junto a alguns pedaços de banana. Dessa forma, uma crostinha cheia de sabor será formada e seu bolo ficará ainda mais gostoso!

Não perca a oportunidade de incluir essa delícia no seu cardápio. Clique no botão e confira nossa receita!

Bolo de abóbora com coco

Essa receita pode ser desconhecida por algumas pessoas, mas não é segredo que a abóbora tem sido cada vez mais utilizadas na culinária para fazer tanto doce quantos salgados.

As 10 melhores receitas de bolo para você.
Imagem e Reprodução: Pumpkin cake | Freepik

Nessa receita a junção de abóbora com coco torna tudo ainda melhor e mais gostoso, se você experimentar, irá se apaixonar por esse bolo! Vale lembrar que esse bolo também é completamente vegano e cheio de sabor.

Pode ter certeza que é uma das receitas de bolo para conquistar os corações de quem come-lo. Clique no botão e acesso nossa receita feita com muito carinho!

Bolo de milho

Embora não seja época das festividades juninas, esse bolo de milho delicioso e vegano não poderia ficar de fora da nossa lista! Afinal, ele é querido por muitos brasileiros, ainda que fora das festividades.

As 10 melhores receitas de bolo para você.
Imagem e Reprodução: Bolo de milho | Freepik

Não tem como ver essa receita e não desejar um bolo de milho fofinho acompanhado de um café bem quente! O cheiro desse bolo é delicioso e com certeza preencherá toda sua cozinha.

Não fique apenas desejando ou esperando as festividades juninas para saboreá-lo. Clique no botão e confira nossa receita e aproveite!

Bolo de limão

Esse bolo de limão vegano é uma opção saborosa e saudável para seu lanche da tarde. Os ingredientes são básicos e essa receita pode ser feita rapidamente, sem maiores preocupações. Uma dica para tornar seu bolo ainda mais especial é, ao finalizá-lo coloque algumas raspas de limão por cima!

As 8 melhores receitas de bolo vegano para você!
Imagem e Reprodução: Bolo de limão | Pixabay

Essa é uma daquelas receitas de bolo ideais para serem consumidas com um bom chá! O bolo de limão é super fofinho, cheiroso, repleto de sabor e fica melhor ainda ao saber que é isento de exploração animal!

Não vá embora antes de descobrir essa deliciosa receita de bolo de limão! Basta clicar no botão para checar.

Esperamos que você tenha gostado das receitas de bolo vegano, se você quiser descobrir receitas ainda mais deliciosas, basta clicar aqui.

Lasanha de abóbora com ricota

Lasanha de abóbora com ricota

A lasanha de abóbora com ricota e nozes é um prato vegetariano muito saboroso e saudável. Você pode até pensar que essa junção não combina, mas a abóbora, nozes e ricota se complementam dando a sua lasanha umidade e sabor na medida certa.

A cremosidade da abóbora ao se encontrar com a textura das nozes forma uma explosão de sabores na boca. Se você fizer, essa lasanha de abóbora pode se tornar seu prato favorito!

Lasanha de abóbora com ricota
Imagem e repodução: Lasanha | Freepik

Na montagem dessa receita você tem liberdade para montar quantas camadas preferir com a quantidade de ingredientes que preferir. Por isso, você não encontrará quantidades de queijo ou de massa, a ideia é que você molde a receita como achar melhor.

Que tal um bolo para acompanhar sua lasanha de abóbora? Preparamos uma lista com os 8 melhores bolos veganos que são versáteis e deliciosos, confira aqui.

Agora vamos para os ingredientes e ao passo a passo da sua lasanha de abóbora!

Ingredientes da lasanha de abóbora

Os ingredientes não são de difícil acesso, por isso, caso você não os tenha em casa, basta encaminhar-se para o supermercado mais próximo que você os encontrará sem maiores dificuldades.

  • ½ abóbora cabotiá (1kg)
  • Noz-moscada
  • Sal
  • 200g de ricota
  • 100g de nozes (1 xícara rasa)
  • Creme de leite
  • Noz-moscada
  • Sal
  • Massa para lasanha
  • Queijo parmesão (a gosto)
  • Queijo muçarela (a gosto)
  • 4 colheres (sopa) de manteiga
  • 6 folhas de sálvia

Viu como são simples? Anotou tudo? Agora vamos para o modo de preparo da sua lasanha de abóbora!

Modo de preparo

O modo de preparo e montagem da sua lasanha de abóbora não é complicado. Existem apenas alguns pequenos detalhes que você precisa saber para aproveitar todo o sabor e perfume que essa receita tem a oferecer.

  1. Corte a abóbora em 4 partes, remova as sementes e deixe a casca.
  2. Acomode em uma forma, cubra com papel alumínio e leve para o forno pré-aquecido a 200°C e deixe cozinhando até que ela esteja macia.
  3. Retire do forno e deixe amornar sem o papel alumínio. Usando uma colher, remova a polpa e descarte a casca.
  4. Coloque a abóbora em uma tigela, amasse bem, tempere sal e noz-moscada. Reserve.
  5. Amasse a ricota com um garfo, adicione as nozes picadas, sal e noz-moscada.
  6. Misture e acrescente creme de leite de acordo com a necessidade para conferir um pouco de umidade à mistura. Usou-se nesta receita ¾ de uma caixinha de creme de leite.
  7. Em uma frigideira coloque a manteiga e a sálvia e leve ao fogo baixo, a manteiga vai derreter e depois vai começar a ficar levemente dourada, com pontinhos escuros.
  8. Desligue o fogo e transfira para uma tigela para cortar o cozimento. Reserve as folhas de sálvia.
  9. Escolha uma uma travessa de aproximadamente 30cm x 18cm.
  10. Espalhe uma fina camada de purê de abóbora.
  11. Coloque uma camada de massa.
  12. Espalhe uma fina camada de abóbora, distribua ricota com nozes sobre ela.
  13. Mais uma camada de massa.
  14. Uma camada um pouco mais grossa de purê de abóbora e polvilhe queijo parmesão.
  15. Cubra com mais uma camada de massa.
  16. Espalhe uma fina camada de abóbora, distribua ricota com nozes sobre ela.
  17. Mais uma camada de massa.
  18. Espalhe um pouco de queijo parmesão, complete com queijo muçarela.
  19. Regue com a manteiga derretida.
  20. Agora cubra com papel alumínio e leve para o forno preaquecido a 200ºC por aproximadamente 30 minutos.
  21. Retire o papel alumínio, coloque de volta para gratinar o queijo. Nos últimos minutos, adicione as folhas de sálvia reservadas.
  22. Assim que estiver pronto, retire do forno e deixe descansar por alguns minutos antes de servir.

Agora é só saborear! Aproveite, você merece! Se você quiser saber outras deliciosas receitas vegetarianas, confira a lista que preparamos clicando aqui.

Receita de salpicão de legumes

Receita de Salpicão de Legumes

Não há nada mais clássico que um belo Salpicão de Legumes para as festividades de final de Ano! por isso trouxemos essa belissima receita de Salpicão de Legumes para auxilia-los nas festividades!

Ingredientes do Salpicão de Legumes:

  • 100g de maçã em cubinhos
  • 10g de suco de limão
  • 100g de cenoura ralada
  • 50g de repolho cortado bem fininho
  • 70g de pimentão verde em tiras finas
  • 70g de pimentão vermelho em tiras
  • 1 talo de salsão cortado bem fininho
  • 50g de ervilha escorrida
  • 25g de uva passa
  • Sal a gosto

Molho:

  • 1 colher (sopa) de maionese light
  • 1 colher (sopa) de molho inglês
  • 1 colher (sopa) de mostarda
  • 2 colheres (sopa) de iogurte desnatado
  • Sal a gosto

Modo de Preparo:

  1. Coloque a maçã numa tigela, regue com o suco de limão e reserve.
  2. Escalde, separadamente, em água salgada fervente, a cenoura, o repolho, os pimentões e o salsão.
  3. Coloque os legumes escaldados numa travessa, junte a maçã escorrida, a ervilha e a uva passa.
  4. Misture bem.
  5. Junte os ingredientes do molho, mexa bem e despeje-os sobre os legumes.
  6. Misture novamente e leve à geladeira por alguns minutos antes de servir.

Para mais receitas assim, não deixe de se inscrever em nossa newsletter e ativar a notificação de push!

Receita de Pavê prestígio vegano

Há delícias que toda a gente merece comer, e o pavê prestígio é uma delas! A receita original inclui ingredientes que não entram na alimentação vegana, sendo assim, preparamos esta alternativa receita de pavê prestígio vegano que é também um pavê sem lactose.

Pavê prestígio vegano

Do que está à espera? Confira já os ingredientes e passo a passo desta sobremesa irresistível!

Ingredientes Pavê prestígio vegano:

Na hora de separar os ingredientes você pode ter uma ideia inovadora, fazer experimentos e testar é super válido mas experimente em pequenas quantidades para poder controlar os resultados.

  • 350 mililitros de leite de soja
  • 1 lata de leite condensado de soja
  • 1 caixa de creme de leite de soja
  • 100 gramas de coco ralado sem açúcar
  • 1 pacote de bolacha tipo maisena
  • 6 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 1½ colheres de sopa de maizena

Esta receita combina com: Mil folhas de morango (sem lactose)

Passo a passo Pavê prestígio vegano:

  1. O primeiro passo para preparar esta receita de pavê prestígio vegano é bater no liquidificador o leite, o leite condensado, o creme de leite e a maisena, somente até misturar.
  2. Verta metade dessa mistura para uma panela, acrescente o chocolate e leve ao fogo médio, mexendo sem parar. Quando obtiver um creme espesso em ponto de mingau, desligue o fogo e reserve.
  3. O passo seguinte desta receita de pavê prestígio é verter o restante creme branco para uma outra panela, juntar o coco ralado e levar ao fogo médio, mexendo sem parar, até obter um creme com a mesma espessura que o anterior.
  4. Comece montando o pavê: cubra o fundo de um refratário com uma porção do creme de chocolate, acrescente os biscoitos partidos em pedaços e cubra-os com o creme branco. Repita as camadas de creme de biscoito até esgotar.
  5. Dica: Não precisa umedecer os biscoitos, eles irão amolecer com os cremes.
  6. Cubra o pavê prestígio vegano com papel alumínio e reserve na geladeira por um mínimo de 2 horas. Sirva geladinho, e delicie-se com esta receita de sobremesa vegana!

Dica:

Compre os ingredientes em locais de confiança e tenha certeza de que nada está estragado ou fora da validade antes de começar.

Vegorganico logotipo colorido retangular

VegOrganico é um Website do Grupo Reciperie focado em receitas OvoLacto, Vegetarianas e Veganas.

Categorias

Grupo Reciperie


© VegOrgânico. Todos os direitos reservados. Criado por Azarod.